terça-feira, 11 de março de 2008

franka costura


Da coleção de revistas antigas da Franka. Antigamente as pessoas tinham máquinas de costura em casa. Não faz tanto tempo, considerando que vivi numa casa que tinha uma delas. Mas as pessoas simplesmente pararam de costurar. Acho que as crianças de hoje nem sabem como funciona uma máquina, por isso vou explicar.
Era uma mesa, um tipo de móvel. As propagandas das máquinas chiques, naquela época, diziam que quando você não usasse a máquina poderia usá-la como decoração. Você levantava a tampa encontrava a máquina escondida lá dentro, feito um motor de carro. Tinha que colocá-la em pé. Só ai então você se sentava na frente dela. A da minha mãe tinha um pedal em baixo, que você ia apertando para costurar. Essa dai em cima eu não sei como funcionava, cadê o pedal? A máquina tinha uma agulhinha, presa numa chapinha deitada, e uma base em baixo com um furinho. O negócio funcionava assim: conforme você ia pedalando, a agulhinha ia subindo e descendo, entrando no furinho, enquanto você passava o tecido entre a agulhinha e a base. Quando se fazia isso, surgia uma costura igual às de hoje mesmo, essas, das nossas roupas. Eu era criança, e fazia muitas almofadinhas. Era o mais fácil, fazer almofadinha. Depois eu enchia de algodão. Uma coisa interessante da máquina de costura é que você tem sempre que costurar do avesso. Depois que desvira e vê como ficou. Para fazer as almofadinhas, eu não podia fechar tudo, senão não tinha como desvirar, óbvio. Então eu deixava um buraco sem costurar, desvirava, enchia-se de espuma ou algodão e costurava o buraquinho com agulha e linha normal. Também já tentei fazer saquinhos na máquina, daqueles de encher de arroz e jogar, mas era dificil de costurar aqueles paninhos tão mínimos e minha mãe acabava fazendo por mim, pois tinha mais habilidade. Minha mãe costurava muito bem, precisa ver. Mas a máquina dela está quebrada há mais de quatro anos e a gente não sabe onde consertar.

Um comentário:

disse...

Sincronicidade, Franka.

Li hoje dia 17 e
Postei dia 11 sobre a Elgin da minha Mãe que ainda funciona.

Abraços
Noeli