sexta-feira, 3 de novembro de 2006

a mulher que estala a calcinha

Algumas pessoas dão medo por diversos motivos, alguns incompreensíveis, fazer o quê. Uma vez fui numa reunião de trabalho e tive muito medo de um diretor de uma empresa. Numa primeira olhada, notei que ele tinha os dentes todos pretos. Logo em seguida ele acendeu um charuto enorme, o que me deu mais medo ainda, e, quando afinal falou comigo, ouvi uma voz horrível, de monstro, de ogro, um verdadeiro som de caverna que parecia vir das profundezas do seu ser. Nossa, aquilo foi completamente assustador, eu mal consegui fazer a reunião. A cada vez que o homem abria a boca para falar qualquer coisa, eu estremecia.
Comentei isso com um amigo.
- Eu tenho medo de uma mulher que trabalha comigo - ele disse - Ela é grandona, tem uma voz grossa, sua muito no calor e usa roupas muito colantes.
- O que tem isso de assustador?
- Hum. Não sei se devo falar.
- Ora, as vezes as pessoas grandes são super doces. Implicância sua com a moça.
- Não é só isso. O problema dela é que ela estala a calcinha.
- Como assim?
- Ela estala a calcinha!
- Não tenho a menor idéia do que significa isso, "estalar a calcinha".
- Pois é, vou tentar explicar. É uma coisa que eu notei que me dá o maior medo. Como ela sua muito, a roupa toda fica toda meio grudada no corpo. E quando ela se levanta e vem falar comigo, ela sempre dá umas arrumadas na roupa, na calcinha, no sutiã, essas coisas. Para descolar do corpo dela, entende? E nessa hora eu ouço: “plá”... "plá"... "plá"
- “Plá”?
- É. “Plá”.
- Um ou vários?
- Vários, sempre. Plá, plá, plá. Basta ela chegar perto de mim que lá vem aquela estalação de calcinha. Pensa, aquele mulher enorme, suada, fedida e aquela estalação, plá, plá, plá.
- Nossa.
- Morro de medo. Sério.
- Plá?
- Plá. É assustador.

Nenhum comentário: