segunda-feira, 10 de outubro de 2005

a gincana da crônica



A editora da revista me escreveu no começo da semana passada. Será que eu poderia escrever sobre meu primeiro sutiã até quarta feira? Seria uma matéria sobre crianças pré adolescentes, sobre quando é a hora certa para fazer isso ou aquilo.
Claro, dona editora. Oba, publicação, pensei, animada. A única maldade é que o texto era pra ser curtinho. Eu gosto de me estender.
Bom, na quarta no final da tarde, eu com a crônica prontinha quando chega um e-mail da moça. Toda cheia de desculpa. Eles sentiam muito, mas cancelaram a minha participação pois o colaborador do sexo masculino tinha desistido. Mil desculpas, blá, blá, blá.
Ô coisa. Droga.
Fiquei naquela sem graceza sem saber o que fazer, lendo e relendo “... tivemos problemas com nosso colaborador do sexo masculino e precisamos cancelar...”
E o que eu faço com essa mini crônica de sutiã?
Responder ao remetente, cliquei. “Olha moça”, argumentei, “e se eu arrumar um colaborador do sexo masculino, paulistano, que escreva crônicas bárbaras e que tope escrever ainda hoje?”
“Você pode tentar”, ela escreveu em seguida, “mas não damos garantia de publicação, pois não conhecemos a pessoa. Porém, se ele entrar, você entra. O tema para o sexo masculino é pêlos. Os primeiros pêlos”.
Uma luz no fim do túnel. Era só achar um colaborador do sexo masculino, paulistano, que escreva crônicas e que topasse escrever sobre pêlos ainda naquela noite. Hahahaha. Impossível? Nunca!
Nada cai do céu, diz minha mãe, a gente tem que ir atrás. E como obviamente um colaborador do sexo masculino, paulistano, que escreva crônicas e que topasse escrever sobre pêlos naquela noite não cairia mesmo do céu, era melhor ir a luta.
Quem eu chamaria? Obviamente eliminei os amigos escritores famosos. Uma coisa dessas, que é legal mas que beira um... mico, é só para gente como eu, uma escritora sem lombada. Foi quando me lembrei do meu grupo de escritores de blogs, os e-néditos (link ao lado). Ora, gente que escreve em blogs tem rapidez, pique e boa vontade. E embora a linguagem da internet seja o máximo, os blogueiros adoram dar uma escapadinha para o papel.
E-néditos, aqui vou eu, pensei. Olhei a lista. Bom, retirando as mulheres e os homens dos outros estados ou cidades, cheguei no Pecus e no Jayme. Eu estava achando aquilo muito engraçado. Além disso, tive certeza que tanto um como o outro poderia escrever muitíssimo bem sobre pêlos, mesmo sem saber se eles são homens peludos ou não.
O Pecus me deu o telefone dele num email uma vez, mas eu não encontrava de modo algum. No meio da procura, achei o telefone da Anna, a mais animada das leitoras.
- Alô! Anna, aqui é a lúcia, do “frankamente...”. Preciso da sua ajuda.
Ela se animou toda. O clima era de gincana.
- Uau, o tema é ótimo, Lúcia! E eu tenho o telefone do Jayme, vamos ligar já.
Achei o Jayme, esbaforido, quando já era noite. Parecia que ele estava numa academia, ou no meio de uma maratona.
- Olha que legal. Claro que eu topo. Pêlos? Genial pêlos – ele estava tranquilíssimo – Já tenho um monte de idéias.
- Jayme, você pode escrever hoje?
- Posso, ora. Vou voltar para o escritório e quando acabar eu te mando. Peraí.
Ah, por isso que é bom ser amigo de blogueiro. E, cá entre nós, o Jayme escreve muito, mas muito bem.
E plim, as nove e meia chegou um email. Eram os pêlos do Jayme. Li, adorei. Eu estava salva e praticamente publicada. Só faltava a moça gostar, o que, obviamente, aconteceu.
E ontem fizemos a nossa dupla na revista. Lúcia, a colaboradora do sexo feminino e Jayme, o colaborador do sexo masculino.
Ahahahaha.
Uma questão de peitos e pêlos, que não caem do céu.

20 comentários:

Anônimo disse...

Muito legal !!!! Eu adorei o seu blog

Anônimo disse...

Seu blog é muito bom e essa postagem sua foi tão boa que saiu até em uma apostila do governo de português, do volume 4 parabéns

Anônimo disse...

Muito bom!!!! Apareceu na apostila!!

Livia mota disse...

podescrer mas é meio sem noção

larissa manoel disse...

oi,sou a larissa da escola EE Joao Michelin,de Itai.
Li seu texto na minha apostila volume 4 do 6 ano,gostei muito e todos da sala tambem gostaram.
Por favor, mande mais textos.
beijos.

Raiane disse...

Oi, meu nome é Raiane da escola E.E.João Michelin sou do 6ano .Gostei muita de seu texto que veio na apostila volume 4 eu achei ele muito legal. E todos os meus amigos gostaram tambem
Mande mais textos por favor.
Tchau!!!

Diogo Da Costa Tristão disse...

Olá, Somos Diogo, Guilherme e Raphael, alunos da escola E.E João Michelin, achamos interessante seu texto e como você fez sua "gincana" e buscou escritores de ambos sexos, trabalhamos com a crônica na apostila vol. 4 e gostamos de trabalhar com ele.

Luciene Cristina Aires da Nobrega disse...

Boa tarde!
Sou professora da E.E João Michelin/Itaí, trabalhei esse texto com os meus alunos dos 6 anos, eles gostaram bastante. Gostaria que você respondesse aos comentários dos alunos. Obrigada pela atenção.
Luciene Nóbrega

franka disse...

Oi Professora Luciene, oi meninos e meninas! Oi Diogo, Guilherme e Rafael, oi Raiane, Larissa e Lívia!
Que bom que vocês gostaram da crônica. Aconteceu exatamente isso, foi muito divertido, e como eu consegui vencer essa "gincana", consegui publicar na revista da Folha de São Paulo. Fiquei na maior alegria depois.
É uma delícia escrever crônicas, gente, nessa época eu escrevia uma por dia. Contava casos que aconteciam em casa, na rua, contava conversas engraçadas, porque só escrevendo muito que a gente treina e... ganha. É como fazer esporte, precisa treinar. Por isso, escrevam bastante, falem da vida de vocês, das coisas divertidas que acontecem, que tenho certeza que terão ótimas idéias.
Parei um pouco com as crônicas porque agora escrevo romances. Mas não paro de escrever. Mas em breve vou contar a história da minha gata, que vai ter filhotes em breve.
Um beijo para todos vocês e obrigada!
franka

lauriane maria garbelotti disse...

Olá,nós somos Lauriane e Midiã, alunas da escola E.E.João Michelin do 6 ano.
Lemos seu texto e adoramos, pois conhecemos tipos de gincanas e todos de nossa sala tambem gostaram.
Estamos nesse momento na sala de informatica pesquisandos tipos de gincanas.
Obrigada e aguardamos respostas e publicações.

franka disse...

Lauriane e Midiã, porque vocês não bolam uma gincana de crônicas para a classe? Se vocês conhecem muitas, inventem uma para os amigos, uma bem engraçada. Quero ver! Beijo!

Diogo Da Costa Tristão disse...

olá blog frankamente sou eu de novo pois queria que você escrevesse no seu blog que oque achou do governo publicar sua "gincana" no caderno do aluno vol. 4 e como você achou conversar com a gente alunos e professores da E.E João Michelin
responda por favor em meio de crônica
Agradecido
Diogo da Costa Tristão

Marina disse...

Olá , meu nome é marina, estudo na escola EE João Michelin, e eu gostei muito do texto "gincana da crônica". Gosto muito de ler crônicas e um dia quero já ter lido todas as crônicas que você já postou neste blog!
Um grande beijo meu e de toda a escola João Michelin.

lauriane maria garbelotti disse...

Oi,Lucia Carvalho é a Lauriane e Midiã,novante gostariamos de dizer, que é uma ótima ídeia fazermos essa gincana com nossa sala.
Obrigada pela ídeia esperamos resposta.Um grande beijo!!

Anônimo disse...

Olá,Franka tudo bem ? Sou Gabrielle e Andressa, estudamos na escola E.E João Michelin e estamos adorando o bloog ! Continue postando vários textos super legais
Beijos ;*

Joao Pedro Marcondes Veiga disse...

Nos somos João Pedro,Nícolas e Brenda estudamos na E.E João Michelin, nós adoramos seu texto, não só como nós como toda nossa classe.
Lucia qual sua autora preferida?

Anônimo disse...

Sou Bruna,e tenho 11 anos de idade.
Li sua cronica na minha apostila da escola e achei muitoo legal e engraçado tanto o titulo quanto o texto.Adorei seu blog e achei muito interessante.
bjs
Bruna sua mais nova fa

Anônimo disse...

ola,sou a Laura tenho 11 anos e eu e minha sala e minha professora vimos este texto na apostila e achei muito legal ,eu estudo no E.E"Coronel Macos Ribeiro".

Thamilla Maria disse...

Oi!Me chamo Thamilla SOU DO 6ºD da escola E.E.João Michelin/Itaí sou aluna da professora Luciene Nobrega,seu texto apareceu na situação de aprendizagem 6.Gostei muito da sua crônica é queria que enviasse mais,seu blog é super bom e agradeço se responder

Fofinha33 AJ disse...

Essa crônica é meia boba kkkk.
PESSOAL VAI ASSISTIR MY LITTLE PONY!!!!
É UM DESENHO LEGAL
TCHAU
~SENHORITA.RAINBOW